sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Nuvem que não passa


Toda vez que penso em você,
tento esquecer que foi nuvem passageira.
Que mexeu com meu coração, 
mas, só deu uma chuva de verão.
Porém a nuvem não passa.
Toda vez que penso em você, 
quero lembrar os momentos tão poucos, 
mas tão loucos, pois pareceu eterno. 
Não consegui apagá-los da mente.
E fala insistentemente,
que é amor somente.
Eu não sei pensar noutra coisa,
eu não sei querer outro alguém.
Meus pensamentos voam e vai além.
Além do que pode ser.
Se penso em me aproximar,
só vejo obstáculos.
Se tento afastar, esquecer,
não consigo.
Não sei se foi amor a primeira vista,
ou se foi carência do meu coração.
Você pareceu tão perfeito,
em meio a tantas contradições.
Mas valeu pra algumas coisas,
companhia, mesmo que em pensamentos.
Tirou obsessão, mas tornou-se outra.
Sei lá.
Um dia talvez eu te fale tudo isso.
Mesmo que não está aqui, não está para mim,
eu torço por ti.
Quero ainda te ver sorrir,
Ter certeza que você está feliz.
Mesmo que eu não seja o teu motivo.
Mas eu tenho um grande desejo assim.
x_a087ef8

3 comentários:

  1. Querida amiga

    Há pessoas
    que saem de nossas
    vidas,
    mas não se mudam
    do nosso coração...

    Desejo que o amor,
    faça morada em seu coração.

    ResponderExcluir
  2. O bem querer costuma se instalar e tem grande significado. Mas precisa ser dito, independente da retribuição. Lindo poema! Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Um lindo e intenso poema, parabéns amiga poetisa.

    ResponderExcluir