quinta-feira, 24 de maio de 2012

Bicho homem



Está cada vez mais complicado entender o bicho homem. O danado pensa que é o caçador, mas se não for caçado, com unhas e dentes, ah! Ele mesmo não pega nada.
Vivem na busca da mulher, diz que querem uma companheira, não sei se querem a perfeita, acho mesmo é que não querem. Porque quando encontra uma, rasga todas as sedas que há para ela, e ela, põe-se a sonhar, e ele vai, sem hora pra voltar. Só com a promessa de que virá.
Andam de bares em bares, passam uma noite inteira, olhando, olhando... o que seria a sua preferida, continua olhando e bebendo sem parar, quando param de vez em quando, é uma saidinha para fumar. Não há um movimento de quem vai dar o primeiro passo.E, não é porque não tem mulheres bonitas, nem porque elas não dão bola. Nem tão pouco porque não são interessantes, sem conteúdos. Tem muitas mulheres, cheias de charme, ativas, com estabilidade pessoal e com um coração louco para amar, doar-se.
Elas se põe belas, produzidas, perfumadas e com sua auto confiança aumentada, não podem acreditar que o tal bicho homem está em falta para elas.
Eu vejo mesmo que a espécie anda em extinção e, não estou gostando nada disso.
Se não fosse a música que dá a emoção, as conversas com as amigas que tem um lado terapia e descontração, sair não seria a melhor opção.É, os homens de hoje preferem casos esporádicos, sem nenhum esforço para conquistar, para manter o que poderia ser o seu amor.
E assim deixam o tempo passar. Tornando o momento então, de total solidão. Solidão para ele, solidão para ela, companhia sem um laço, só ocupando espaço. 
Cuidado homem, está virando um bicho em extinção!

                          


Um comentário:

  1. O mundo mudou. Os jovens têm outro tipo de comportamento. Os homens que merecem crédito e amor não saem por aí (penso eu), para caçar. Talvez, por já ter passado dos cinquenta, não mais me interesso por "buscar". Quando vou a algum lugar, tenho motivações outras (o que não me impede de observar kkkkk). Quando os ouvimos, percebemos as mesmas reclamações femininas, pois não se interessam pelo que lhes é, acintosamente, oferecido.

    Bjs.

    ResponderExcluir