segunda-feira, 23 de julho de 2012

Quando o amor se vai


Quando o amor se vai, deixando sonhos por realizar, deixando outro que chora para trás. 
Quando o amor se vai, e não há como explicar, e numa ansiedade louca, sufoca quem não esperava o fim do amor.
Quem fica e ainda ama, não entende a partida do amor, pensa que algo não se encaixa, não percebe que o amor já estava partindo há tempo.
Partindo devagarinho, em pequenos deslizes, em pouca atenção, já sem cumplicidade, sem mais a afinação dos sentimentos, sem mais a sintonia de quem faz parte dos sonhos do outro. Sonhos que um dia foram em comum.
Quem fica, quer uma explicação que satisfaça a partida do amor, quer algo que concretize e leve a sua dor.
Quem fica, quer sentir ódio, quer sentir desprezo, quer sentir talvez indiferença com a partida do amor.
Quem fica quer pedir não vá, quer pedir fica, quer dizer estou aqui.
É doída a partida do amor, mesmo quando  a partida não é concretizada, não é declarada, ainda é somente ausência presente, ainda é somente a sensação de estar só, mesmo quando o outro ainda está presente.
E quando a partida é do seu amor dentro do seu coração? E você vê que já não ama mais como antes,  como uma flor murchando dia após dia, e dá uma vontade louca de resgatar novamente a alegria do primeiro encontro, de trazer novamente a paixão inicial. Mas a vontade de ir embora é maior.
A vontade de buscar novos sonhos, avistar novos horizontes, encontrar quem sabe um novo amor.
E a culpa que há envolta a esses sentimentos loucos, você segura, retarda a partida, mas não é feliz.
E por não sentir-se feliz, também não faz feliz.
E aquele amor que um dia uniu, um dia fez com que olhassem um para o outro, e quisessem seguir a mesma direção para onde foi?
Ah, seria bom se quando o amor se fosse, fosse de mãos dadas das duas partes, deixando um aperto de mão e uma palavra: siga! De mãos dadas no coração, mas soltos sem culpas. Deixando a leveza de que já é hora de partir, cada um para o seu lado, e, seguindo a vida, como quem diz... a vida continua.
E você, foi muito importante pra mim, e, sempre vai estar em minhas lembranças... porque momentos felizes existiram, e não há como não reconhecê-los nesta saibrosa escalada da vida.
E cada um, com o coração livre, deixar partir, deixar que o amor siga seu rumo, como um rio que procura o mar em seu curso natural, deixando a tranquilidade de que não há nada errado nisso.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Como borboleta


Hoje já me sinto como borboleta no casulo,
tenho asas, mas estão presas e não podem voar.
Sei que posso bailar, mas me falta espaço no ar.
Cores cintilantes escondidas
e uma vontade louca reprimida.
Faço um esforço louco,
mas parece que ainda pouco.
Eu preciso me soltar,
e voar, bailar, encantar!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Porta


Porta,
Pensa em fechar.
Pede trava
Para ninguém mais entrar.
Precisa de tempo
Para quem sabe
Poupar-se.
Porém,
Por insistência da vida
Por que viver 
Pede também companhia.
Permite ficar entreaberta
Poder aguardar
Presença
Pouco de carinho
Para que a luz 
Possa
Penetrar.
Pode ser para não enlouquecer;
Para não assumir o sofrer;
Para não chorar.
Por quanto tempo não sei.

domingo, 8 de julho de 2012

Pouquinho do P



Paixão, um estado de êxtase intenso, muitas vezes, sem uso de palavras, mas cheio de promessas no olhar a convencer o coração.
Palavras, apenas palavras, ditas, repetidas, jogadas ao vento;Quando certas, nem sempre encontra um terreno fértil para fecundar.
Promessas, une-se as tais palavras, e num vacilo, fica sem nenhuma pretensão de realizar.
Permissão, quando o coração diz sim à paixão, mesmo quando contrário à leitura da razão.
Perguntas, que calam diante da paixão e não há palavras para a explicação.
Portas, que se abrem ou se fecham, diante de palavrinhas,um sim ou um não.
P... paixão, palavras, promessas, permissão, perguntas e portas.

Súplicas


Senhor meu Deus,
hoje o que espero de ti é força redobrada do Espírito Santo em mim.
É um encontro de aconchego, consolação, discernimento e domínio próprio.
Não quero ser guiada
 pelo meu querer, nem pelos enganos de meu coração.
O coração é traiçoeiro, quero resistir às astutas ciladas que ele me coloca.
e com ouvidos atento, ouvir o Espírito Santo que habita em mim.
Pai, por tantas vezes meu coração se engana, 
por tantas vezes minh'alma nega à direção que o Espírito indica.
Sei que meu querer não é tudo, e meu poder é limitado. 
Mas eu sei oh Pai de amor, que o Teu querer é Supremo, e Teu Poder é imensurável.
Ensina-me a cada momento a ouvir-te mais, obedecer-te mais, 
confiar em ti e mais confiar.
Senhor, se o desejo do meu coração estiver em Tua graça, Pai, faça a realização.
Se não, desvia o meu olhar e põe-me focada em Rocha Firme.
Em qualquer situação grata a ti e firme na fé de que tens o melhor para mim.
Focada em buscar a direção que tens preparado para mim.
Pai Amado, deixo aqui as súplicas de meu coração,
coração em desalinho,
pedindo venha, faz-me merecedora de gozar os benefícios da cruz do calvário.
Sei que tenho um mediador entre eu e Ti (Jesus), 
que a frente está a falar por mim.
Por isso quero n'Ele descansar, e agradecer-te cada dia mais por isso.
Em nome de Jesus,
amém.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Soneto de amor ao meu Deus


Senhor Deus, diante do esplendor de Teu amor,
minha face busca Teu olhar.
clama por Ti ó Pai eterno;
Outro igual a Ti não há.

Tu respondes e vejo a face do Teu perfeito amor.
Em verdes campos, Maravilha!
Estampado em cuidado, proteção de grande valor.
Se vacilo, mesmo assim me amas e me quer como filha.

Quero oh Pai querido,
aprender dia-a-dia, cada vez mais,
a confiar, mais confiar, esperar e mais te amar.

Quero me sentir sempre em Teu olhar;
E grata,  sempre confiante caminhar.
E nunca de Ti me afastar.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Bem Juntinho


É bom!
Ficar assim, pertinho, coladinho, bem juntinho,
sem vontade de deixar.
Só mais um pouquinho, pedir ao tempo, 
passe devagarinho.
E eternizar.

Como é bom!
Ficar agarradinho, teus braços feito ninho,
em qualquer lugar.
Pode ser até num ranchinho, 
teu abraço ou um beijinho, até mesmo um selinho.
Já me põe a sonhar!

Sonhar é bom!
Com você à noite ou bem cedinho,
ainda te ter em meu olhar.
Ocupando em meu coração cada espaço,
sussurrando bem baixinho.
"-Amor, é com você que quero sempre estar!"