sábado, 29 de dezembro de 2012

Chuvas de verão...

Que a vontade de falar contigo agora,
seja tão passageira, quanto às nuvens desta chuva de verão que por ora cai.
Que a felicidade nunca seja para ti passageira.
E que toda recordação,
 seja sempre doce nostalgia de um passado feliz!


domingo, 16 de dezembro de 2012

Férias


As vezes mesmo descansando é preciso carregar pedras.
Que eu saiba aproveitá-la pra construir uma casinha,
que o Lobo mau não assopre!
Beijos no coração.
fui... até quando ainda não sei.
ehehehe

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

2012 Foram-se os brincos, ficam-se os anéis...



Eis que mais um ano chega ao seu fim, e nem todos os sonhos se realizaram, e pensar que, faltam hoje l7 dias para finalizar o ano,  até hoje tivemos 352 dias para tirar todos aqueles planos da gaveta, e, correr atrás de realizá-los. Como jóias dada por Deus, para transformá-los em jóias de grande valor. Se acaso a nem todos demos a atenção necessária, de que vale lamentar, de que adianta agora correr atrás do prejuízo.
Temos ainda um Natal aí, onde tantas coisas boas nos representa, festas que a cada coração desperta um desejo louco de confraternização, união, e logo estaremos maravilhados com os fogos anunciando 2013. vamos sim, todos correr para aquele abraço apertado, e aquele desejo de profetizar a cada um de nossos queridos, à nossa Pátria, ao nosso mundo, o desejo de felicidades e realizações;
Já não há mais tempo, de que adianta desesperar, um novo ano vem aí, já que foram-se os brincos, ficam-se os anéis, então, vamos olhar dentro de nós mesmos, e encontrar Deus, anelarmos com Ele um compromisso sincero, genuíno, singular, firmar assim o nosso amor a Jesus e partilharmos com todos à nossa felicidade de viver este amor. Ele nos capacitará a isso. “Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.” Rom. 11:36

Os 365 dias que virão, estão nas mãos de Deus, poderá ser jóia rara para todos nós, Ele tem o controle do tempo, só Ele pode nos levantar e nos alimentar para às batalhas.
Pense nisso.
BOAS FESTAS

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz“. Isaías 9:6



domingo, 9 de dezembro de 2012

Incógnita


As vezes eu me pergunto:
Quem sou eu?
Nessa hora me vejo palhaça
mesmo em nada vendo graça.

Quando sou verso
Eu me disperso.
E penso ser só amor!

Mas tenho momentos de fúria.
Neste momento sou o inverso;
E até posso causar dor.

Gostaria de ser só risos,
Mas sou choro
E até ojerizo.

Nos saltos
 ou nas tamancas.
Descalças eu sou mais eu.

Mas se eu nem sei quem sou?
Talvez sou ventania que passou.
Ou brisa que já secou.

Ou não secou?
Incógnita?

Desatino


Como se fosse fácil,
decifrar esse desejo incontrolável.
O pensamento que a toda hora voa,
me atordoa
e pousa em você.
E se fecho os olhos,
te vejo;
Se adormeço,
num sonho travesso,
tenho você!
E quando acordo,
desfaleço,
sem você.
E...
num acaso do destino,
um toque,
um desatino,
tenho você!
Te ouço como num culto,
em todo tempo venero teu vulto.
Nada mais oculto.
E o pensamento voa feliz.
E fica tudo tão lindo!
O corpo todo sorrindo!
Tudo que sempre quis!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Um sorriso pra iluminar o meu dia!


Hoje eu quero o brilho de um sorriso para iluminar meu dia.
Quero a estrela que há no olhar de quem sorri.
Quero os raios cintilantes que emanam e levar por onde eu for essa alegria.
E ao anoitecer, adormecer com a alegria de quem recebeu um grande sorriso.

O sorriso é a alma que canta, o coração que pulsa alegria.
O sorriso é cúmplice da satisfação.
É presente pra quem recebe, e nada custa a quem o dá.
É o que suaviza o olhar indiferente.

O sorriso é estrela que  brilha no olhar.
No inverno aconchego.
É o sol de primavera,
Os sonhos de verão.

Vou sair em busca de um sorriso,
Se acaso me encontrares,
Saibas, é só o que espero de ti.
Um sorriso pra iluminar o meu dia.

domingo, 2 de dezembro de 2012

DEZEMBRO


Dezembro,
mês das correrias,
mês das férias.
Mês de aconchego,
mês de esperanças.
Dezembro,
nostalgias, lembranças,
alegrias das crianças.

Cada um com seus planos,
e uma vontade que invade.
Abraçar, presentear,
pegar estrada.
Dezembro,
mês que fecha um ciclo.
Para dar espaço a um novo ciclo.

Aos amigos,
que passeiam e passearam por aqui,
aqui no meu blog deixando sua presença marcada,
eu desejo um dezembro...
amoroso,
caloroso,
preguiçoso 
e com um coração cheio de esperanças,
de sonhos,
de coragem,
para adentrar ao novo ano, 
rumo às realizações.

Que o Bom Deus,
renasça em nossos corações em espírito e em verdade.
Que venha derramar  chuvas de bençãos
neste NATAL.
E que em 2013
a alegria seja uma referência no rosto de cada um de nós!






quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sonhei com você - Soneto


Sonhei com você,
e fui pega de surpresa.
Foram tantos beijos loucos,
eu me senti indefesa.

Derrubaste o muro,
que construí como defesa.
E me vi numa incerteza 
deixei me levar aos poucos.

Tantas vezes você chegou perto
mas, entre meus desejos incertos,
não permiti me envolver.

E num sonho louco,
precisou de muito pouco,
para tudo acontecer!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Dentro de mim


Tanta saudade é o que explica
essa vontade que me invade.
Feito louca, e com intensidade
desejo buscar você.
Por onde andas não sei.
Mas te encontro sempre dentro de mim.

Seu vulto eu carrego dentro de mim,
e a cada suspiro... seu nome!
E por onde ando, me encontro perdida  nessa busca sem fim,
assim... dentro de mim.
Nessa viagem interna, onde teu olhar se faz presente,
e teu cheiro não sai da mente.
E não há como arrancá-lo daqui,
não há como tirá-lo de dentro de mim.

Nessa viagem interna onde as palavras não são promessas.
E uma realidade adversa,
a essa que vivo enfim.
Pois ao retornar, 
já fora de mim,
percebo que vivo esse amor intensamente,
mas só dentro de mim.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Criança interior


Quando deixamos fluir nossa criança interior, os sentimentos mais puros exalam de nós como doce perfume!

Algodão doce - haikais


Algodão doce
muitas vezes adoçou
minha infância.

Tão coloridos!
Os floquinhos de neve
doçura também.

E comia feliz
pedacinhos do céu, mar.
nuvens adoçar!

Mel da infância,
mel de tantas lembranças
doce criança!

E trazia  brindes,
Máscaras e meus heróis 
Infância feliz!

E ainda hoje
meu coração criança,
lambuza, brinca!


quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Amor fraterno



Que eu possa te amar meu irmão, aceitando nossas diferenças.
E quando elas forem vistas como defeito, que eu sabiamente possa te ajudar a melhorar!
Só o amor pode dar frutos necessários para melhorar relacionamentos.
Ser o fruto da paciência, da compreensão e do coração aberto!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Sábios, ou bons carregadores de livros!?



"Não há nada melhor que despertar o prazer e o amor pelos estudos, caso contrário, só se formariam bons carregadores de livros."



Somos criaturas divina, todos com imagem e semelhança de Deus. Todos com a mesma parcela de inteligência e entendimento.

Mas porque uns parecem tão mais desenvolvidos, porque parecem tão mais capazes?
Somos todos seres racionais, no entanto, uns crescem mais intelectualmente, profissionalmente, etc..., isso é devido ao seu interesse que alimentado, na busca de mais conhecimento e esclarecimentos, desenvolvendo ao máximo à sua capacidade antes natural.
Não são mais inteligentes que outros, acredito que apenas deixam fluir de dentro de si todo desejo de crescer. Não ao estado de ser apenas maia um, e sim, alguém que faça diferença!
Despertam o amor para os estudos  e tem nos livros uma fonte inesgotável de conhecimentos, que, ao longo dos anos, passam de um para o outro e aprimoram a cada leitura.
Esses realmente, tornam-se mais sábios, procurando aprender mais e mais, e ilimitando à sua capacidade.
Que bom se todos acordassem para o desejo de crescer, enxergassem o valor que há nos livros, apaixonando assim pelas escritas de quem um dia, pesquisou, estudou e amou a busca de conhecimentos para repassá-los.
Jamais estariam colocados apenas como bons carregadores de livros. A qual não é necessário pensar, sem ao menos conhecer os mistérios que há neles. A capacidade que há neles de nos desenvolverem cada vez mais, com valores incalculáveis.



domingo, 23 de setembro de 2012

É PRECISO MUDAR!


Diante da miséria explícita, corrupção sem limites, desigualdade social, violência, desrespeito às leis e ao próximo. A sociedade pede socorro, e é hora de enxergar que temos um papel importante para a evolução e construção de um mundo melhor.
Ao depararmos com as notícias que aterrorizam nossos jornais, mais uma vez em letras garrafais vem à mente: É PRECISO MUDAR! E nessa hora, a importância de cada um de nós é imprescindível.
Não há porque fechar nossos olhos e continuar driblando as dificuldades, é preciso união, união de todos para que essa máquina da evolução funcione corretamente.
Olhar atento ao que nossos políticos estão a oferecer! Propostas e fundamentos.
O nosso papel desde ao acordar, é participar deste universo com mais responsabilidade. Seja no cuidado com a natureza. no respeito com o próximo, bem como no desenvolver de nossas atividades.
Esta na hora de escolhermos nossos governantes, ou nos colocarmos à disposição para um trabalho social, atentarmos para a responsabilidade, e buscar o amor verdadeiro, de quem busca o melhor para o próximo, para assim construir um país com igualdade social.
Veja, agora estamos prestes a escolher nossos prefeitos, vereadores, e estão aí um bando de espertos aproveitando da cegueira do povo, a falta de informação, o desinteresse às reais necessidades de cada brasileiro, e a pressa para tomar conta do dinheiro público, e assim desviá-lo para aumentar suas fortunas.
O horário político tornou-se piada, candidatos cada vez mais bizarros, sem instrução, e sem nenhum interesse em levar a política a sério, faz piada, brinca, e ri com a nossa cara de tacho, que ficamos ao ver como fazem política. Chega a dar nojo a forma como querem chamar a atenção do povo, sem nenhum compromisso. Fazendo de tudo uma piada. É melhor colocar no horário político, Bob Esponja ou Pica-pau, já que o que querem é piada.
Tenho visto tanta hipocrisia, é candidatos fazendo festas e tentando comover o povo com conversa barata, sem nenhuma qualificação, nem para ator/atriz, e a sua volta, um bando de pessoas que não acreditam, mas querem participar da festa, Talvez pensam, "é só isso que tiraremos dos candidatos."  A saber, gente, acorda!
Se depender de mim, candidato nenhum vai me comprar com uns quilinhos de carne, umas grades de cervejas, ou mesmo tanques de gasolina. Com gracinhas/piadinhas nos horários políticos. É pena ver que é só isso o que estão nos oferecendo na tv, em bairros, comunidades. 
E agora Brasil? É PRECISO MUDAR!, 
Vamos acordar! Que tal unimos todos e dizer NÃO!
A este tipo de política, a estes candidatos, eu declaro: O meu voto é NULO!


Laura - Acróstico


Linda e graciosa
A Laurinha vem para nos alegrar!
Um encanto de sorriso.
Ricas bençãos anjos irão derramar
A ti linda menina, que o mundo lhe seja um paraíso.
Tia... 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Dando asas ao coração - hakais

Coração preso
sufoca, alma morre.
Experimente!

Experimente 
liberdade de voar
num voo livre!

Livre coração
é assim que deve ser
explorar a vida!


Deixe-o ir
Em busca dos teus sonhos
encontrar a paz.

E encontrarás,
logo porto seguro
em algum lugar.

Abra as asas,
voe corajosamente,
teu voo feliz!

Voe sem medo,
tem muito a explorar,
basta as asas.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Letras do Poeta - haikais


Letrinhas voam
na alma do poeta
emoções livres.

Escreve voo,
asas de amor sem fim.
Eternamente.

Vai transformando
dores e amores
suavemente.

Sonhos aumentam
Quando a noite vem
Voa livremente.

Os céus se abrem
E quando em lua cheia
muito mais brilha.

Brilha seus versos
Rimando a poesia.
alegremente.

Brilha estrela,
com luar prateado 
cristal furta-cor!

Efeito colateral


Essa noite eu sonhei com você,
se eu pudesse comandar os sonhos,
eu sempre sonharia.
É que foi um sonho tão lindo.
Sabe, eu sempre penso em você,
mas sonhar foi a primeira vez.
Quando acordei, tive vontade de fechar os olhos e voltar a sonhar.
Mas não se comanda os sonhos.
Logo a dúvida:
Será amor?
Amor dói?
É que um sentimento assim neste momento tomou conta de mim.
Pareceu doer
Ao relembrar o sonho, relembrar você,
o beijo, o toque, o aconchego,
doeu.
Não queria que doesse,
mas em meio à lembrança boa ao teu lado,
apertou o peito.
Senti o coração miúdo, contraído.
Acredito que só estar ao teu lado bastaria.
Partilhar de alguns risos teus.
Ou até mesmo ser o ombro que te alivia.
Penso que ouvir tua voz, olhar teus olhos,
sentir um leve toque teu, minha dor sumiria.
E poderia viver este sentimento,
quem sabe com alegria.

sábado, 1 de setembro de 2012

Primavera - Haikai



Viva setembro!
Novas flores e cores
Logo, primavera!

Olhos atentos
Na estação das flores.
Feliz colorir!

Desabrochando
Flores enchem os campos
Nas primaveras!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

SAUDADES - HAIKAIS



Nós dois, sem rimas
sem encontro, sem sina
Só nostalgia.

busco teu olhar
Nem mesmo sol a brilhar.
Lágrimas rolam.

Quero te sentir
teu cheiro, o teu toque
cadê você, vem!

Vem dar-me a vida
ando só desfalecida,
ressuscita-me.

Só tu és capaz
traz o beijo teu amor
vem me despertar.

Nesta solidão
Resta-me te esperar
sopra-me vida!

Faça-me bailar
voltar a sorrir, cantar!
Borboletear...

domingo, 19 de agosto de 2012

Seguir... para quem sabe voltar a sorrir!


Neste momento, que já distanciou o encontro,
que não ocorreu o reencontro.

Que aquela sintonia ficou vaga e distante.
Melhor tirar da mente essa lembrança que incomoda a todo instante.

Que o que falou pede pra ser esquecido,
Que o que senti não faz nenhum sentido.

Que brota uma saudade,
uma vontade...

Vontade louca de reencontrar.
Sentir o gostinho do primeiro olhar
.
É uma briga de sentimentos,
se fica na mente, parece tormento.

É preciso esquecer,
tudo isso para evitar o sofrer.

Curtir de leve essa melancolia,
mas não permitir ficar nesta agonia.

 Vou seguir...
para  quem sabe voltar a sorrir.

Afinal é preciso buscar nova alegria,
pode até ser, distraindo nas rimas de uma poesia.










segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Caminhando... tropeçando... mas nas mãos de Deus!



O que acontece após nossa entrega a Jesus? 
Será que ficamos transformados da noite para o dia?
Será que tudo o que fomos deixamos de ser?
Simplesmente nosso relógio dá uma guinada de 360 graus? 
Tornamo-nos imediatamente perfeito aos olhos do Pai?
E passamos a ter destaque diante dos nossos irmãos?
É, são perguntas das quais não temos todas as respostas, e muitos pensam que é assim que deve ser..., mas, a história dos homens "escolhidos por Deus" nos mostra que nem sempre as coisas seguem tais rumos...
Muitas vezes ficaram firmes, mas também tropeçavam e caíam, as vezes deprimiam e noutras regozijavam... Salvo que sempre buscavam a volta para o Senhor.
Meu pouco entendimento diz que toda transformação vem devagarinho... lentamente... conforme o desejo do Pai. Ele vem a partir daí nos moldando, lapidando, curando. Nossa fé cresce, conforme Ele a fortalece, e nada, nenhum dos nossos atos, é a partir daí nosso... O desejo de mudança é manifestado em nós porque um dia o Pai nos escolheu, e assim, as mudanças são operação Divina, do Espírito Santo que passa a habitar em nós no momento em que nos entregamos. Até tentaremos agir por nós, ou melhor, pensaremos estar agindo por nós, mas só o carnal, porque o que é bom, divino, perfeito, só pode vir d'Ele.A nossa atitude é a de abrir o coração e deixar que Deus opere em nós, nos aperfeiçoando em todo o bem, para cumprirmos a sua vontade, a Ele a glória! Não a nós.
Nosso relógio não dá uma guinada, mas, uma nova página começa a ser escrita em nosso livro,.Nossos  olhos passam a enxergar novas direções... livramento e a certeza de que estamos sob um controle maior, porque por nós não chegaríamos a lugar algum. Por nós não chegaríamos a este entendimento.
E quanto aos olhos do Pai, acho eu que Ele fica contente em nos ver deixando-o fluir em nós... Ele conhece o nosso interior, isso me dá paz, ao contrário dos olhos alheios, que por vezes, demonstram só ver as aparências... ou talvez, "o próprio coração". Não posso enfim, mudar suas visões, sei que há muito a ser tratado em mim. Sei também que o meu Senhor, mais do que ninguém, sabe o momento e a hora de me tornar mais próxima do que queres que eu seja. Não pretendo tão pouco viver me explicando, acho até que gostaria de agradar a todos sim, impossível. Então descanso na paz que este mundo não dá, que não vem do que vejo e nem das circunstâncias, nem do meu próprio entendimento. É a paz de quem começa a enxergar o Senhor, e de quem sente que tem, a vida sendo transformada em suas mãos.
"...desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor, porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade." (Fp 2:12,13)                                                    
É isso o que penso