domingo, 27 de janeiro de 2013

Se eu pudesse ser senhora de ti.


Ah se pelo menos do tempo eu pudesse ser senhora.
Faria algumas alterações, mudanças que meu coração egoísta iria querer.
Para alguns eu correria e daria uma guinada extraordinária, para mim, em alguns momentos, paralisaria.
Ah tempo!
És cruel quando o vemos ser tão sádico, quando, um minuto parece horas de espera.
E quando vemos correr desesperado quando precisamos de mais um pouco de ti.
És ainda mais severo, quando parece acelerar, e trazer às marcas do tempo em nosso corpo, nosso rosto, em nossa pele. Nas cores dos panos, nas solas dos sapatos.
Ah tempo!
E quando queremos que ele páre em uma situação e acelera em outras, não dá, as contagens dos minutos são simétricas, mas, é desconfortante ver que não é igual às batidas do meu coração.
Ah tempo!
És faceiro quando faz de um bom momento parecer eterno, mas és traiçoeiro quando no término, logo distancia, e parece eternidade a volta de um momento igual.
Tempo... se eu pudesse ser senhora de ti, e fazê-lo correr de acordo com minhas loucuras, minhas alegrias, minhas fantasias...
Tempo... se eu pudesse ser senhora de ti, te faria amigo fiel a mim.
Tempo... se eu pudesse...
x_a087ef8

8 comentários:

  1. Leninha,seria muito bom poder controlar o tempo!...rss...um texto lindo e comovente!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia minha querida !!!!
    Vc tá bem ?
    Espero que sim !!!!
    Sempre inspirada e eu sempre te admirando teus textos ...aplausos e falar do tempo...se eu pudesse...
    bjssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Leninha, como lhe disse antes, amei suas palavras. O tempo é surdo (rss) e não se preocupa com nossos pedidos e anseios. É indomável e não olha para trás. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Quanta sensibilidade para falar do tempo, adorei Poetisa! Parabéns querida, beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Mas o tempo
    é o único senhor...

    Resta-nos viver...

    Que os sonhos te abracem
    a cada esquina da vida...

    ResponderExcluir
  6. Vc é linda, inclusive na alma... teus versos são balsamo pra minha angústia...suaviza a dor do meu peito...
    Te amo!

    Elvio morais

    ResponderExcluir
  7. (Do Recanto das Letras) Senti que as palavras vieram do fundo do teu coração. E tenho grande respeito por suas palavras. São bonitas. Um abraço grande, e parabéns pela poesia!

    ResponderExcluir